ESSA Produção - Alumínio

O mês de dezembro de 2012 ficará marcado na história da Rhodoss, que conquistou a certificação ISO 9001:2008, bem como, o selo de Conformidade/Qualidade ANFIR (Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários).

Concedida pela EVS Brasil, a ISO 9001 é um passo importante para a empresa estrelense, pois a coloca em um seleto grupo de empresas do ramo de implementos rodoviários certificadas na região. A certificação abrange a Rhodoss matriz e filial no escopo “Projeto, produção e comercialização de implementos rodoviários para transporte de líquidos, sólidos e a granel”.

Para o gerente industrial Marcelo Barretos, a conquista é motivo de orgulho para todos que participam do Sistema de Gestão da empresa. “A empresa conseguiu a certificação do seu Sistema de Gestão da Qualidade com escopo completo, abrangendo todos os sistemas da cadeia de valor de uma empresa metalúrgica do segmento de implementos rodoviários, porque todos acreditaram e compraram a proposta apresentada no Planejamento Estratégico de 2012”, afirma Barretos. Para o gerente, a conquista é fruto da dedicação e comprometimento da equipe da Rhodoss e das equipes corporativas do Grupo Conpasul, visto que não foi utilizado nenhuma consultoria externa. “Trata-se de uma conquista das pessoas deste grupo empresarial”, enfatiza Barretos.

Recentemente, a Rhodoss conquistou o selo de Conformidade/Qualidade ANFIR, que atesta a conformidade da empresa aos critérios legais relacionados à regulamentação tributária e às leis trabalhistas vigentes do setor, fortalecendo a confiança do mercado na indústria nacional. A auditoria foi realizada pela Galloro Consultores & Associados. No total foram 81 questões avaliadas e com apresentação de evidências ao grupo auditor. “Agradeço a todos que contribuem para que a Rhodoss possa obter este selo de Conformidade, onde atualmente somente 27 empresas das 155 associadas ANFIR detém”, afirma o gerente industrial, Marcelo Barretos.

Os principais requisitos avaliados para o selo ANFIR:

1. Regularidade Funcionamento: documentação da empresa (certidões e licenças bombeiros/ambiental).
2. Regularidade Técnica: documentação CREA, DENATRAN (CCT, CAT e NIEV), Manual de Produto/Garantia, projetos e responsável técnico.
3. Regularidade, Legislação, Segurança e Medicina do Trabalho: PCMSO, EPI, CIPA, PPRA, LTCAT, PPP, SIPAT e Gestão de Terceiros.
4. Regularidade de Sustentabilidade: Organograma Funcional, Planejamento Estratégico, Sistema Gestão Qualidade (ISO), Treinamento & Capacitação, Programas Premiação/PLR, Pesquisa Clima Organizacional, Pesquisa de Clientes e Marca Própria (INPI).

Texto e foto: Setor de Comunicação e Marketing do Grupo Conpasul